5 pontos importantes que todo engenheiro de produto deve saber sobre o Revestimento de Carboneto de Tungstênio

revestimento de Carboneto de Tungstênio, muito embora ainda pouco conhecido no nosso país (quando comparado com o nível de utilização nos EUA e Europa), já possui um bom nível de utilização em peças de equipamentos de diversos ramos da indústria. No entanto o conhecimento de sua aplicação ainda é pequeno para os profissionais de engenharia que necessitam especificar esse material.

 Veja abaixo 5 pontos que considero super importante que se conheça:

 1 – Espessura de camada: Nem sempre uma camada mais elevada é sinônimo de maior resistência ao desgaste. Em muitos casos, camadas espessas custam mais caro e a probabilidade de problemas de trinca são iminentes devido ao nível de tensão residual encontrado em revestimentos mais espessos. Para ambientes severos, camadas de 0,2 a 0,3 mm são excelentes.

2 – Resistência ao impacto. Muito embora o revestimento de carboneto de tungstênio tenha uma dureza elevada, ele não é aplicável em peças que sofrem impacto. Isso por que ele é rígido e, quando submetido a esse ambiente, pode desplacar da superfície.

3 – Resistência à corrosão: O revestimento de carboneto de tungstênio é encontrado em diversas variações de liga. Portanto, se a peça sofre desgaste erosivo e/ou abrasivo em ambientes corrosivos, deve-se escolher aquela liga que mais se adapta à esse ambiente.

 4 – Cantos vivos: Muito cuidado com esse ponto. Não é apropriado aplicar revestimentos em superfícies com cantos vivos. Esses cantos devem ser quebrados ou com raio de 1 mm ou com quebras de canto de 1 x 45º para evitar o desplacamento do revestimento nessa região.

5 – Temperatura de trabalho: O revestimento de carboneto de tungstênio é muito resistente à abrasão e erosão. Mas muito cuidado com a temperatura do ambiente de trabalho. Esse revestimento perde as suas características técnicas quando submetido à temperaturas de trabalho superiores à 450 ºC.

Baixe a seguir  o E-book Ligas Metálicas para Revestimentos Contra Desgastes.

Compartilhe este conteúdo:

E-Book Ligas Metálicas para Revestimentos Contra Desgastes

Nesse E-book você vai encontrar a descrição técnica das ligas metálicas utilizadas para proteção contra desgastes por abrasão, corrosão, erosão e cavitação. São apresentadas as suas características técnicas, aplicações e gráfico de diferenças de resistência ao desgaste por abrasão de acordo com a norma ASTM G76.

ico-estudo-de-caso-2

Entre em contato conosco

Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

    Entre em contato conosco

    Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

      Qual é a sua necessidade?

      Entre em contato conosco e descreva qual o seu problema para que possamos avaliar de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

      Conheça os revestimentos contra desgastes metálicos e cerâmicos utilizados pela Rijeza.

      Conheça as principais aplicações dos revestimentos contra desgastes na indústria.

      Rijeza Metalurgia

      Revestimentos contra desgastes

      RS 240, KM 4, 3815, Bairro Scharlau
      São Leopoldo – RS

      Desenvolvido por
      SiriusPrime

      Qual a sua necessidade?

      Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

        Agradecemos pelo seu interesse!

        Faça o download deste material clicando no botão a seguir:

        ×

        Olá!

        Clique no contato abaixo para iniciar uma conversa:

        × Como podemos ajudá-lo?