Custos de manutenção da Indústria de Papel e Celulose: como reduzir o desgaste de bombas

Redução de custos de manutenção é o foco de qualquer indústria. Mas ao longo dos 15 anos de experiência resolvendo problemas de desgastes de peças, verifiquei uma frequente procura de profissionais de manutenção do ramode papel e celulose. Muitos dos problemas que identificamos são similares: o desgaste de bombas.

O processo de produção da celulose, até a sua transformação em papel, utiliza uma enorme quantidade de água e produtos químicos que são incorporados e bombeados com bombas centrífugas, bombas helicoidais, bombas de lóbulos, entre outras. Esses fluídos, geram desgaste por corrosão, erosão e abrasão nos equipamentos de bombeamento gerando 3 impactos que podem ser minimizados:

1 – Redução da produtividade: Equipamentos que estão com desgastes operam fora das suas condições normais de produtividade e acabam produzindo menos do que se propõem ou necessitam de maior energia para fazer o mesmo trabalho que realizaria se estivesse em condições normais de uso.

2 – Redução da disponibilidade: As frequentes necessidades de paradas para substituição de peças ou substituição de equipamentos prejudicam os indicadores de disponibilidade.

3 – Custos de Manutenção: Substituição de peças e equipamentos aumentam os custos de manutenção, que são muito significativos no processo de produção da celulose.

A aplicação de revestimento de carboneto de tungstênio tem sido uma alternativa muito interessante para aplicação em peças de bombas. Ele possui uma dureza superior a 1200 HV 300, que proporciona uma elevadíssima resistência ao desgaste por abrasão e erosão.

Além disso, a adição de cromo na sua estrutura proporciona excelente resistência à corrosão de muitos produtos químicos

Vejam este exemplo de uma luva do eixo da bomba centrífuga. Ela serve para proteger o degaste gerado pela vedação ao eixo e é um elemento de desgaste. Normalmente é fabricada em aço inox.

Neste caso, a  aplicação do revestimento de carboneto de tungstênio gerou 2 grandes resultados:

1 – Redução do custo da luva: A vida útil da luva aumentou em mais de 500%. O redução de custo com essa peça foi superior a 300%.

2 – Redução do custo da gaxeta: Normalmente, as partículas sólidas se alojam entre a gaxeta e a luva e esse processo de desgaste abrasivo gasta a luva. A superfície da luva passa ficar irregular e consequentemente reduz a vida útil da gaxeta. A aplicação da luva com revestimento aumentou a vida útil da gaxeta (de mesma especificação técnica) em 700%.

Veja a seguir como uma boa seleção de materiais pode aumentar a vida útil de peças em mais de 1000%

Compartilhe este conteúdo:

Como uma boa seleção de materiais pode aumentar a vida útil de peças em mais de 1000%?

Você conhece o potencial de aumento de vida útil você pode ter com a aplicação de revestimentos contra desgastes? Veja o potencial nessa apresentação. Se você não identificar a sua situação, veja como você pode fazer o teste, de forma gratuita.

ico-estudo-de-caso-2

Entre em contato conosco

Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

    Entre em contato conosco

    Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

      Qual é a sua necessidade?

      Entre em contato conosco e descreva qual o seu problema para que possamos avaliar de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

      Conheça os revestimentos contra desgastes metálicos e cerâmicos utilizados pela Rijeza.

      Conheça as principais aplicações dos revestimentos contra desgastes na indústria.

      Rijeza Metalurgia

      Revestimentos contra desgastes

      RS 240, KM 4, 3815, Bairro Scharlau
      São Leopoldo – RS

      Desenvolvido por
      SiriusPrime

      Qual a sua necessidade?

      Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

        Agradecemos pelo seu interesse!

        Faça o download deste material clicando no botão a seguir:

        ×

        Olá!

        Clique no contato abaixo para iniciar uma conversa:

        × Como podemos ajudá-lo?