Roscas transportadoras de grãos – Redução do desgaste

As roscas transportadoras de grãos são responsáveis por realizar o transporte de cereais de acordo com a necessidade de distribuição do produto. Localizadas na estrutura funcional de vários implementos agrícolas e peças fundamentais para o agronegócio . Possuem até 45 metros de comprimento e podem transportar até 220 ton/h de arroz e 275 ton/h de soja.

Neste equipamento, os grãos são transportados através do movimento rotacional do helicoide O movimento contínuo conduz os grãos ao longo da espira através do atrito. O atrito que ocorre entre as faces da espiral da rosca transportadora e o material que está sendo transportado, faz com que haja um desgaste abrasivo da superfície da rosca.  Esse mecanismo de desgaste ocasiona a redução da vida útil do componente.

A cultura do arroz ganha destaque de forma impactante e negativa como um dos cereais com elevado poder de abrasão, contribuindo para aceleração do processo de desgaste das roscas transportadoras de grãos. Esses componentes geralmente são fabricados com aços de baixo carbono, materiais que possuem baixa resistência ao desgaste abrasivo.

No setor industrial é fundamental que seja reduzida a necessidade de manutenção e troca das roscas transportadoras de grãos pelo desgaste excessivo e precoce. Esses equipamentos são distribuídos ao longo de toda linha de produção, desde o plantio até o beneficiamento dos grãos, o que pode acarretar atrasos e prejuízos durante o processo produtivo.

Veja também: Máquinas agrícolas e seus mecanismos de desgaste

1.1 – Como reduzir o desgaste em roscas transportadoras de grãos?

Uma alternativa para o aumento da resistência ao desgaste é através de tratamentos térmicos superficiais, de maneira a aumentar a dureza. Geralmente, no setor agroindustrial, são utilizados têmpera por indução e eletrodeposição de cromo duro (cromagem). Porém, esses processos possuem desvantagens, tanto pelo método de aplicação quanto pela durabilidade do resultado. Logo, surge a necessidade de utilizar métodos mais eficazes, duráveis e viáveis economicamente para redução do desgaste superficial.

Uma maneira eficaz de aumentar a vida útil de roscas transportadoras agrícolas é através do uso de revestimentos metálicos aspergidos, utilizando como base o Carboneto de Cromo ou Carboneto de Tungstênio. É possível também utilizar outros tipos de revestimentos aspergidos, com sucesso, como aplicado na empresa SCREW, a maior e melhor fabricante desse tipo de componente no Brasil.  Os revestimentos possuem alta resistência ao desgaste por possuírem alta dureza. Esse método de aplicação, High Velocity Oxygen Fuel (HVOF), produz uma camada densa e uniforme de revestimento, garantindo ótima aderência do revestimento no substrato.

Neste estudo de caso, foi avaliado a resistência ao desgaste do revestimento de carboneto de cromo aspergido via HVOF . O teste foi realizado em um aço 1020 utilizado em uma rosca transportadora de grãos, já desgastada, retirada de uma calha transportadora durante manutenção corretiva, conforme mostra a Figura 1.

Rosca transportadora de grãos

Figura 1 – (a) Rosca transportadora de grãos. (b) fração do material cortado para análise.

Para verificar a eficiência do revestimento em relação ao substrato, foi realizado ensaio de desgaste, avaliação do perfil de dureza do revestimento e metal base.  Além disso foi realizada análise da espessura e interface da camada de revestimento.

Confira nosso estudo de caso, onde promovemos um aumento de 93% de resistência ao desgaste do material mais comum utilizado em roscas transportadoras de grãos.

Estudo de Caso - Roscas Transportadoras de Grãos

Veja nesse documento como nossos clientes aumentaram a durabilidade de Roscas Transportadoras de Grãos

ico-landing-page

Veja os resultados do Estudo de Caso

Para receber esse material totalmente gratuito, precisamos somente de algumas informações:

    Rijeza Metalurgia

    Revestimentos contra desgastes

    RS 240, KM 4, 3815, Bairro Scharlau
    São Leopoldo – RS

    Desenvolvido por
    SiriusPrime

    Agradecemos pelo seu interesse!

    Faça o download deste material clicando no botão a seguir:

    ×

    Olá!

    Clique no contato abaixo para iniciar uma conversa:

    × Como podemos ajudá-lo?