Como reduzir o desgaste por abrasão em peças de implementos agrícolas?

desgaste por abrasão de peças de implementos agrícolas é um dos grandes inimigos dos produtores na busca pela competitividade com lucratividade. O desgaste de peças reduz a produtividade devido a necessidade de troca, altera os parâmetros de plantio e, como consequência, prejudica o resultado final em termos de qualidade do produto e ganhos financeiros.

 A tecnologia está avançando em uma velocidade espantosa nesse segmento e a introdução das tecnologias de tratamento de superfícies para garantir peças  resistentes contribui de maneira muito importante para que o produtor e os fabricantes consigam atingir os seus objetivos.

 Eu preparei 3 dicas que podem lhe ajudar a especificar materias que proporcionem maior resistência à abrasão em peças de implementos agrícolas e colheitadeiras.

Leia também: Silos de grãos: como aumentar a durabilidade

 1 – Tenha certeza que entendeu os  Mecanismos de Desgaste: Nem todo desgaste encontrado em implementos agrícolas são classificados por desgaste por abrasão. Esse desgaste é caracterizado pela remoção de material da superfície quando essas estão em movimento relativo (abrasão por 2 corpos) ou quando há um terceiro corpo (areia, por exemplo) entre elas. Exemplo de desgaste por abrasão: Desgaste nas vedações de eixos, mancais;

2 – Selecione o material correto: Nem sempre o material de maior dureza ou o mais caro vai ser aquele que vai conseguir resolver o problema de desgaste por abrasão. Em situações de pouca lubrificação, a necessidade de material com lubrificante sólido na sua composição pode ser uma alternativa. Já em situações onde há a ocorrência de cargas elevadas, os materiais com maior dureza podem ser mais atrativos;

3 – Escolha o tratamento superficial adequado: O desgaste por abrasão pode ser reduzido a partir de diversos tratamentos superficiais. Em casos onde o desgaste por abrasão não é tão acentuado, a utilização de tratamentos térmicos pode ser uma excelente alternativa. Já em outros casos, onde a peça possui necessidade de ter resistência mecânica associada à resistência ao desgaste por abrasão (exemplo: subsoladores de plantadeiras), a utilização de revestimentos de Carboneto de Tungstênio combinado com tratamento térmico é a alternativa mais adequada. Por último, há casos de peças que não necessitam ter elevada resistência mecânica, mas trabalham em ambientes de desgaste por abrasão severo e, nesse caso, somente a utilização de revestimentos metálicos seriam suficientes.

Veja a seguir o método que utilizamos para avaliar o aumento da resistência ao Desgaste por Abrasão.

Compartilhe este conteúdo:

Como uma boa seleção de materiais pode aumentar a vida útil de peças em mais de 1000%?

Você conhece o potencial de aumento de vida útil você pode ter com a aplicação de revestimentos contra desgastes? Veja o potencial nessa apresentação. Se você não identificar a sua situação, veja como você pode fazer o teste, de forma gratuita.

ico-estudo-de-caso-2

Entre em contato conosco

Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

    Entre em contato conosco

    Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

      Qual é a sua necessidade?

      Entre em contato conosco e descreva qual o seu problema para que possamos avaliar de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

      Conheça os revestimentos contra desgastes metálicos e cerâmicos utilizados pela Rijeza.

      Conheça as principais aplicações dos revestimentos contra desgastes na indústria.

      Rijeza Metalurgia

      Revestimentos contra desgastes

      RS 240, KM 4, 3815, Bairro Scharlau
      São Leopoldo – RS

      Desenvolvido por
      SiriusPrime

      Qual a sua necessidade?

      Descreva abaixo de que forma podemos auxiliar o seu negócio:

        Agradecemos pelo seu interesse!

        Faça o download deste material clicando no botão a seguir:

        ×

        Olá!

        Clique no contato abaixo para iniciar uma conversa:

        × Como podemos ajudá-lo?